Turismo atual na Croácia

27 Jun. 20
Turismo atual na Croácia

A Croácia é um país que recebe milhões de turistas por ano.

Todos eles ficam encantados com a história, cultura, diversidade natural, praias de pedrinhas com o mar cristalino. Em 2019 o país foi visitado por 20 milhões de turistas (croatas e estrangeiros) que dormiram exatamente 108 milhões de vezes. Neste momento temos por volta de 300 mil turistas no país inteiro, ou como o nosso ministro de turismo diz: 26-27% do ano passado. A previsão era que seja 30%, mas considerando a situação, estamos positivamente surpreendidos com cada turista. O número de turistas varia entre as regiões, assim por exemplo as regiões no norte têm 50% de número do ano passado, enquanto no sul chega a apenas 10%. O motivo disso é simples: o sul depende de vôos internacionais, que no caso de Dubrovnik começaram só esta semana. ️

Vejam aqui as informações mais novas sobre a situação de Covid-19 na Croácia.

Ainda estamos limitados para os países da UE, que hoje listou mais 15 países de fora, recomendados aos estados-membros a serem permitidos a entrar a partir de 1 de julho, mas entretanto a Croácia introduziu novas restrições para os países vizinhos que têm um aumento de casos e de onde começaram a ser introduzidas novas infecções.

A Croácia está passando por um período novo de 50 a 90 casos por dia (a grande parte dos infectados são jovens assintomáticos), mas o número total ainda não é alarmante. Neste momento temos 2624 casos confirmados, 2152 recuperados, 107 óbitos - 368 casos ativos. Em Dubrovnik por mais de 40 dias não tivemos nenhum caso, depois apareceram dois novos, por enquanto os únicos infectados na região.A previsão da Proteção Civil é que em duas semanas consigamos chegar aos números baixos como nas semanas passadas. Há-de estar atento.

Como a situação ainda é considerada boa por vários parâmetros, é visível certo número de croatas que têm muito interesse em conhecer os destinos que sempre eram caros para o nosso padrão. A surpresa são muitos iates luxuosos que encheram os portos croatas, que finalmente podem cumprir o objetivo da viagem dos donos: curtir as cidades vazias, sem serem reconhecidos. À procura da zona corona-free, que a Croácia se apresenta, a previsão é que vai ter cada dia mais iates e que o turismo náutico vai recuperar primeiro.⚓

Então, o senhor COVID-19 com certeza está causando dores de cabeça para a indústria de viagens, mas vai se recuperar em algum momento. O mais importante agora é ficar responsável - quando esta ameaça mundial acabar, as férias sob o sol croata, molhando os pés no Adriático... são garantidas.

Update: 26 de julho de 2020

Sabiam que a Anitta veio visitar Hvar um dia depois da nossa saída da ilha? Infelizmente não vamos tomar aquele café que falamos, mas no Instagram surgiu uma dúvida: como é que ela entrou na Croácia?

Como as minhas colegas e eu ultimamente temos recebido muitas perguntas sobre a entrada dos brasileiros no país, surgidas depois de algumas notícias na imprensa brasileira, trago-lhes as informações do site do governo croata, atualizadas ontem.
Lá diz que os residentes da UE (independentemente de nacionalidade), do espaço Schengen e os países associados a Schengen, os membros de família deles e residentes dos terceiros países com o visto de longa duração, podem entrar LIVREMENTE sem precisar de realizar a quarentena de 14 dias. Nesse caso, precisam preencher um formulário no site Enter Croatia e mostrá-lo na chegada.
A proibição temporária de entrada na Croácia é para os terceiros países de onde podem entrar só com o motivo válido. Entre outros motivos (saúde, trabalho, trânsito,...), menciona-se também o turismo.
Esses passageiros podem entrar na Croácia sem a obrigação de isolamento mediante apresentam um teste negativo para SARS-CoV-2, feito dentro de no máximo 48 horas (a partir do momento do teste até a chegada à fronteira). No caso contrário, têm a obrigação de 14 dias de quarentena até que não façam o teste na Croácia, por conta própria.
Em nenhum momento menciona-se especificamente o Brasil como li em alguns sites, por isso enviei e-mail para dois ministérios para tirar a dúvida e ter a informação correta. Estou aguardando a resposta.

Update: 29 de julho de 2020 - recebi a resposta oficial, traduzida pela querida Marília de Marzito Travel:

A Organização da Proteção Civil da República da Croácia emitiu a decisão da proibição temporária de passagem das fronteiras da República da Croácia para cidadãos de países terceiros (países que não fazem parte da UE).

Entre as categorias de cidadãos de países terceiros estão isentas da proibição de viagem na Croácia, são também pessoas que viajam por motivos turísticos (é necessário apresentar a prova da reserva de acomodação ou do pacote turístico já reservado e pago).
Portanto, os cidadãos brasileiros podem viajar para a Croácia (sem visto) se estiverem em uma das categorias acima. Se o motivo da viagem for uma visita turística, é necessário apresentar o comprovante de acomodação paga ou reservada, ou de um pacote turístico pago.

Além desses comprovantes, para entrar na Croácia cidadãos brasileiros também precisam apresentar obrigatoriamente:

– resultados negativos de teste PCR para SARS-CoV-2 (feito em menos de 48 horas até a chegada à fronteira) OU

– Precisarão fazer uma quarentena de 14 dias se não apresentarem um teste PCR negativo; arcando com todos os custos e despesas.

Se os cidadãos de países terceiros (incluindo brasileiros) fizeram o teste há mais de 48 horas, eles poderão entrar na Croácia, com uma medida de quarentena e a obrigação de repetir o teste na Croácia arcando com os custos. Esta regra aplica-se a passageiros e tripulantes de cruzeiros.

As pessoas que entram na República da Croácia sem a obrigação de quarentena são obrigadas a seguir as instruções e recomendações do Instituto Croata de Saúde Pública durante a sua estadia.

Update: 20 de agosto de 2020

As temperaturas do Mar Adriático estão no seu pico e exatamente 820 mil turistas estão curtindo as férias na costa croata.?️
Infelizmente com o relaxamento de medidas e grande movimento dentro do país, a Croácia está contando mais casos de coronavírus, do que alguns meses atrás quando esse número quase zerou. Neste momento temos 1689 casos ativos.? 127 pessoas estão no hospital, 13 na ventilação mecânica.

No nosso condado são em total 33 casos ativos. Que foi o esperado, já que o número de turistas aqui não passa 10% do número do ano passado, enquanto no resto do país o verão 2020 deu muito mais sucesso do que estava previsto quando começou a pandemia.

Devido à situação epidemiológica no país, alguns colocaram a Croácia "a vermelho" no mapa europeu do coronavírus. Isso significa que na volta da Croácia existe a obrigação de quarentena de 14 dias ou da prova do teste negativo. Entre eles são Eslovénia, Áustria, Reino Unido; dois condados (Split e Šibenik) para os turistas da Alemanha. Para a Holanda e Bélgica somos na "lista laranja", enquanto a Suíça publicou esta semana que continuamos "verdes" para eles. A Itália comentou que as notícias daqui são exagerdas, que a costa está segura mas introduziu o teste obrigatório na entrada.

De que cor somos, nem nós sabemos - talvez como o nosso brasão e os quadradinhos - tem de tudo um pouco. Alguns condados tiveram mais aumento por causa das discotecas, outros por casamentos grandes e festas privadas e agora são menos seguros. Alguns continuam com número baixo, mas as medidas de outros países contam para todos igualmente.

Por isso quem está na Croácia ou ainda pretende vir, continue acompanhando as notícias no site oficial www.koronavirus.hr (tem em inglês também), preparando a documentação necessária (dependendo do país: teste negativo de max. 48h na entrada e formulário preenchido no site Enter Croatia).

Para quem precisar de fazer o teste em Dubrovnik antes de partir, aqui são os contactos:

1) Opća bolnica Dubrovnik (o hospital) - Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. ou tel. 38520 431 731 (ligar das 12 às 14).

2) Dom zdravlja Dubrovnik (o serviço drive-in no bairro Solitudo) - tel. 38599 52 91 888
e-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. (das 8 às 20).

3) Poliklinika Marin Med (clínica privada com o teste rápido): 38520400500 ou Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. (das 8 às 12).

Nos três lugares podem fazer o teste só com a consulta marcada com antecedência, vindo de máscaras e respeitando as regras de distanciamento. Perguntem também sobre os dados que precisam quando se trata dos estrangeiros e que o resultado seja em inglês, também. Se não, imaginem a cara do policial ao ler croata na fronteira.

Deixe o comentário:
 All works