As primeiras dicas de Hvar

28 Jul. 20
As primeiras dicas de Hvar

Nossos 3,5 dias na ilha mais famosa da Croácia

Conhecem aquela sensação em que estão parados em um lugar, tentado engolir o máximo do cheiro, das cores dele? Mergulhar na beleza sem tocar a câmera? Em Hvar consegui fazer isso só no quarto dia, os primeiros três tirei 573 fotos e vídeos. Por mais que eu não quero que seja chamada de blogueira porque principalmente sou professora e guia de turismo, acho que estou começando a ser blogueira também. Quero partilhar tudo com vocês. Captei-me tentando memorizar cada detalhe sobre as atrações, horários, valores,… porque tentamos explorar ao máximo de modo croata – aquele mesmo que quero que vocês façam na viagem e que não podem encontrar facilmente na Internet, apesar de um bom conteúdo que preparam os blogueiros, fazendo o marketing gratuito para a Croácia.

GOPR0927

A ilha mais longa da Croácia

A ilha de Hvar fica no centro da Dalmácia, cercada pela costa da cidade de Makarska no continente e as ilhas de Korčula, Brač, Vis, e a península de Pelješac. Com 72 km de comprimento, é a ilha mais longa da Croácia.
Com essa localização, acho bem fácil para chegar. Um post de como chegar já têm aqui, mas vamos resumir.

Uma das vantagens de estar de carro na ilha de Hvar é poder explorar os vilarejos fora da cidade, especialmente os campos de lavanda nesta época que cheira assim que pisa no chão hvariense (dá para dizer assim?;)). Sem falar que as melhores praias da ilha ficam lá também (pensem em alguém triste por não poder ir a Dubovica...). Vindo de carro, têm duas opções de ferry da Jadrolinija:

1) Drvenik-Sućuraj - a linha curta e prática para quem está vindo do sul - ao chegar à ilha, faltam mais 80 km até a cidade de Hvar
2) Split-Stari Grad - a linha demora pouco mais, mas é prática para quem começou a viagem do norte - ao chegar à ilha, faltam mais 20 km até a cidade de Hvar

A desvantagem de ir de carro (no nosso caso de Dubrovnik) são quase 5 h de viagem pelas inúmeras curvas. Para nós foi suficiente para tomarmos decisão de ir de catamarã direto, rápido, confortável e seguro.

Entre Dubrovnik e Hvar são duas opções:

1) Jadrolinija - a empresa pública cujo catamarã sai de Dubrovnik de manhã e volta de Hvar à tarde;
2) Krilo - a empresa privada cujo catamarã sai de
Dubrovnik à tarde e volta de Hvar de manhã.

Lógico, para aproveitarmos melhor, queríamos ir de Jadrolinija mas a linha ainda não funciona, devido à situação com coronavírus. Por isso optamos por Krilo e está aprovado. Mas, perdemos quase dois dias por causa do horário do catamarã. Entretanto, a Jadrolinija publicou que este ano a linha comercial de catamarã entre Dubrovnik e Split (que pára em Hvar) não vai funcionar.

IMG 1711

A ilha mais ensolarada

Hvar é a mais famosa de todas as ilhas croatas. Com a superfície de 297 km2 é a quarta ilha maior na Croácia. Tem apenas 11 mil habitantes, disso 4 mil são da cidade de Hvar. É conhecida como a ilha mais ensolarada com 2800 horas de sol por ano, mar azul-turquesa, campos de lavanda e multidões de turistas no verão à busca da rica vida noturna.
A cidade é muito pequena e dá para locomover-se só a pé. Aliás, é recomendável andar e subir quanto mais para descobrir todo o charme deste lugar. E realmente, Hvar foi um dos lugares mais charmosos que já visitei. Labirinto de ruas, flores em cada canto, bares - um melhor de outro... e cheiro de lavanda vindo das barracas na praça.

IMG 1545

IMG 1569

IMG 1573

IMG 1581

A ilha mais cara

No final de junho houve um artigo na imprensa croata sobre o número baixo de turistas na cidade de Hvar. Em vez de 4588, havia só 66. Deve ser que ao ler isso, cada segunda família na Croácia decidiu vir a Hvar, porque a cidade está CHEIA de croatas. Só no hotel dá para ouvir bastante o sotaque do interior.
Isso não seria tão pomposo, se não fosse o destino mais inacessível para o povo croata com os seus preços altos. Não é à toa que chamam Hvar de St. Moritz. Mas como em qualquer lugar turístico, pode tomar o café para 10 kunas se entra em uma das ruelas, ou na praça principal para 25 kunas.
A conclusão: quem diz que Dubrovnik é cara, não esteve em Hvar.
Porém, essa beleza merece cada tostão.

IMG 1555

Deixe o comentário:
 All works