Lisboa, menina e moça

02 Dez. 18
Lisboa, menina e moça

Dicas de viagem

Não achei melhor momento para postar as dicas completas para vocês do que no dia que esta mesma cidade ganhou o prêmio para a melhor cidade destino do mundo, junto com Portugal que foi eleito o melhor destino do mundo nos World Travel Awards 2018. Este ano Portugal ganhou em total 16 Óscares de Turismo. Isto só confirma o boom turístico que está acontecendo em Portugal, tanto que eu fiquei chocada com as filas, lugares novos e clima novo que vi em Lisboa, comparando com a última viagem em 2012. Por enquanto é positivo, mas espero que não se sufoque e perca a alma que tanto me atrai aí.
Precisei de alguns dias para recuperar-me de voo de volta porque foi um dos piores na minha vida (viram os Insta Stories?:)), mas não vamos falar agora disso.:P
Preparei para vocês 4 posts completos onde vão encontrar as dicas completas que são o produto de vários meses de pesquisa e a nossa experiência na viagem.

COMO CHEGÁMOS?

Suponho que ninguém de vocês vai sair de Dubrovnik, mas para pesquisar as passagens aéreas da sua cidade, sugiro procurar no site Skyscanner. As nossas opções são limitadas porque no inverno não tem muitas companhias que operam, mas nesse site tem todas as informações úteis.

G1248918

ALOJAMENTO

Como viajei sozinha com o filho, a opção de hostel esta vez não foi possível. Lisboa é conhecida pelos melhores hostels no mundo e em 2012 nós ficamos no Lisbon Lounge Hostel que foi muito bom. Só que o mesmo quarto privado onde ficámos 6 anos atrás em vez de 30€ agora custa 70€. Pois, além do boom turístico, aconteceu um óbvio boom de preços. Por isso optei por hotel, e um dos mais económicos que encontrei foi o Mundial, por acaso o mais recomendado por vocês.
E acertei! A localização, atendimento, limpeza, segurança, proximidade às diversas atrações à pé, à estação de trem, ao transporte público para as outras atrações, até do pequeno-almoço/café da manhã (riquíssimo) tem a vista para o elétrico 28. Bem prático para começar o passeio, verdade? Agora só imaginem a nossa surpresa quando vimos que nos deram o SUITE! Enorme, com a sala de estar, o banheiro, quarto e dois terraços com a vista para o Castelo de S. Jorge. Dorme e olha o castelo… Demais. Obrigada ao Management do Mundial!

GOPR8809

GOPR8811
Dica: Eu sempre procuro alojamento no Booking, TripAdvisor e páginas parecidas, mas depois faço a reserva através do site do hotel para evitar as comissões.

P.S. Já falei que o hotel Mundial tem o melhor rooftop na cidade?

ROTEIRO

Seguimos bastante o plano que postei aqui, com poucas alterações. Por exemplo, fomos a Sintra da estação do Rossio, que foi muito mais perto do nosso hotel. Não conseguimos ver alguns lugares como Porto, a rua cor-de-rosa, a estátua de Fernanda Pessoa. Mas considerando o tempo que estivemos (4 dias completos), até vimos bastante. Dia por dia tem guardado nos destaques no meu perfil no Instagram (@dubrovnik_em_portugues).

G1319035

TOUR

A importância de um guia local no destino que visita é indiscutível. E não digo isso porque sou guia. Realmente, um guia não é um livro de história, mas simplesmente um pacote de experiência cuja tarefa principal é transmitir a emoção pelo lugar. Passei muito tempo procurando um provedor local e seguindo as recomendações do posto do turismo e perfil no Instagram @lisboa_pt que me ajudou bastante, contactei a agência Lisboa Autêntica.

Além da comunicação rápida, o tour foi maravilhoso e superou todas as expectativas. Foi o meu primeiro tour em Lisboa e deu-me um outro ponto de vista. E olha, quem for, precisa procurar a Catarina porque é a melhor! Muito prestativa, simpática, pontual, com um grande conhecimento mas com uma apresentação simples – um amor de pessoa!

GOPR8964

Fizemos um roteiro menos turístico, começando às 14:00 (de manhã fica mais cheio). Evitámos as filas nos museus, subimos de elétrico até o Castelo de São Jorge, descemos a Alfama pelos lugares que estavam desertos, porém pitorescos, deixando a visita ao Convento do Carmo na melhor hora – hora azul quando as fotos ficam expectaculares. Fiquei tão encantada com esse lugar que escrevi um post separado. Vejam aqui.

MUSEUS

Existem cidades onde visitar os museus não é uma coisa crucial para conhecer bem o lugar – tipo Dubrovnik que já é um museu sob o céu aberto. E existem cidades com os museus tão diferentes e atrativos que, em combinação com as vielas onde anda sem rumo, seria uma pena pulá-los. Uma dessas cidades é Lisboa onde cada museu de certa forma torna-se a um mirante diferente. Nós visitamos em total 9 (literalmente em 3 dias!:)). Por isso fiz um post separado, vejam aqui.

G1218842

RESTAURANTES, BARES E GELATERIAS

Como eu andei mais por onde estava prático com o filho (quando ele estava com fome, é quando parávamos). Ao escolher um lugar, dava uma olhada nas avaliações, menos uma vez quando entrámos num restaurante com 1 estrela no TripAdvisor, e realmente foi o maior mico turístico da viagem.

O mais importante para nós era que seja uma coisa portuguesa, autêntica. Comemos muitos pratos portugueses e provavelmente 1 kilo de pastéis de nata. Os de Belém não podiam faltar, mas esta vez provámos também os da Manteigaria (são excelentes) e uma dica da nossa guia Catarina de uma pastelaria local perto do Castelo de S. Jorge. A Catarina recomendou 3 restaurantes: Largo de Severa, Cervejaria de Ramiro e Provinciana. O último elogiam todos, mas nós chegámos lá justamente na pausa quando a cozinha estava fechada. Outras recomendações de restaurantes que recebi de vocês: Canto da Vila Bistrô, Falta Brutos que era o preferido de José Saramago e Martinho da Arcado, que frequentava grande Fernando Pessoa. O lugar que mais gostei foi o Mercado da Ribeira. Imperdível! Muita diversidade da comida, preço acessível, lugar animado.

GOPR9356

Das gelaterias (pastelarias) que provei, gostei muito de Amorino e Santini. Uma marca é italiana, outra portuguesa. Prefiro Amorino, é mais cremoso.

Alguns bares que não podem deixar de passar são o rooftop bar Park no Bairro Alto e o rooftop Topo que fica perto do nosso hotel e que mais lamento por não ter visitado. Fica para uma próxima!:)

Mais algumas notas:

Achei a segurança impecável, apesar de um crescimento óbvio de imigrantes e turistas. Não precisam de táxi ou uber porque o transporte público funciona bem.

Apesar de um dia de chuva, achei uma ótima época para ir a Portugal porque a temperatura estava agradável e no verão fica insuportável de calor e quantidade de turistas. A única época que acho melhor que esta é primavera.

Usei a Internet de casa porque na União Europeia não existe mais roaming.

Para as fotos, levei o celular (iPhone X) e a câmera GoPro Hero 5. A grande deixei em casa porque pesa muito.

P.S. Toda a nossa viagem ficou registrada nos destaques no Instagram @dubrovnik_em_portugues, que contém todas as dicas! 

Deixe o comentário:
 All works